A diversidade da arquitetura em Minas Gerais oferece uma verdadeira viajem no tempo: da época colonial Portuguesa até a visão futurista do famoso arquiteto Oscar Niemeyer.

Uma grande parte da riqueza patrimonial e histórica de Minas Gerais fica nas cidades históricas que preservaram a autenticidade da arquitetura portuguesa antiga. Estas cidades como Ouro Preto, Diamantina, São Joao Del Rei, Congonhas, Mariana, Tiradentes oferecem monumentos e edifícios luxuosos no estilo barroco. As cidades parecem ser paradas no tempo e os passeios são encantadores sob a luz do dia como da noite. Restaurantes, lojas e mercados de artesanato ocupam hoje os edifícios históricos e animam as cidades.

 05                 

Tiradentes - Foto Acervo Setur-MGO ilustre arquiteto Oscar Niemeyer, criador da cidade de Brasília, deixou a sua marca na capital mineira Belo Horizonte através de obras singulares e vanguardistas de notoriedade internacional. O trabalho mais conhecido de Niemeyer é o conjunto arquitetônico do lago da Pampulha constituído por um cassino, uma casa de baile, um clube, um hotel e a famosa igreja São Francisco de Assis admirada pelas suas formas curvas. Inaugurada em 1943, a igreja foi na época uma realização arquitetônica revolucionária que explorou a plasticidade do concreto para a realização da sua estrutura curva.

 

Igreja de São Francisco de Assis - Photo libre de droit
A obra mais impressionante de Niemeyer fica no novo centro administrativo do governo do Estado de Minas Gerais, chamado Cidade Administrativa que foi iniciado em 2003 e inaugurado em 2010.
A Cidade Administrativa é localizada na área metropolitana de Belo Horizonte, e composta de seis edifícios numa área construída de 265,000 m2 em um terreno de 804,000 m2.
O Palácio Tiradentes é o edifício principal da Cidade Administrativa e é considerado um dos trabalhos mais ousados de Niemeyer! O edifício de 21,000 m2 é o maior no mundo à ser totalmente suspendido. Este prédio imenso não toca o solo e parece flutua no ar!
Além de ser uma proeza arquitetônica, o conjunto da Cidade Administrativa é um modelo de inovação e de sustentabilidade pensado para economizar o consumo de recursos naturais (energia, agua, …) e integrando sistemas de reciclagem automatizados.

Cidade Administrativa